terça-feira, 28 de agosto de 2012

LARANJA PODRE.

Já dizia minha mãe: "Uma laranja podre em uma caixa, faz o maior estrago, de certo estraga metade delas.". Grande sabedoria tinha minha mãe embora não muito letrada, tinha uma visão que poucos acadêmicos tem.
Essa história da laranja é uma metáfora, que exemplifica que uma pessoa com seu poder de persuasão, muda a atitude, o modo de pensar dos que estão a  sua volta, contaminando com ideias maldosas e prejudiciais a alguma situação ou alguém que seja seu alvo, é o verdadeiro enviado do caos.
O título assim dado como "enviado do caos", é dado a pessoas que sozinhas não conseguem resolver problemas por si só, necessitam para  isso um esquadrão para colocar algum plano em prática, motivado por "n" motivos, inveja, incapacidade, autoafirmação, maldade, notoriedade, etc.
Assim que são recrutados os seguidores que até então eram pessoas normais, começam a agir de forma estranha e comprar uma ideia deturpada da situação ou de alguém, sem esclarecer os fatos, ou analisar o que realmente acontece, seguem o plano de olhos fechados. Porque o enviado não quer ir para o inferno sozinho, tem que carregar sempre um bando consigo. Mas quem embarca nessa furada, até merece perdão, pecam por ignorância  ou por um laço de amizade, ou sabe-se lá porque.
Temos que ser vigilantes com nossas atitudes, analisar, refletir, procurar dosar os lados para saber para onde devemos seguir. Ou não seguir nenhum, seguir sua consciência, ter empatia, e senso de justiça.
Sabemos perfeitamente que a relação entre pessoas é por muitas vezes difícil, somos diferentes, e lidar com a diversidade é complicado, porém para seres pensantes o  importante é repeito, mesmo sem concordar, mas para aqueles que não pensam ainda, só há  uma saída, rezemos por eles. AMÈM.



Postar um comentário